Outgoing Estudantes - Estágios

​O Estágio Profissional Internacional é constituído por um período de estágio numa empresa ou organização de outro país.

​​​​​​​​​O principal objetivo deste programa consiste em proporcionar aos estagiários a oportunidade de adaptação aos requisitos do mercado de trabalho europeu, no sentido de possibilitar a aquisição de capacidades específicas e de aumentar a compreensão da cultura económica e social do país de acolhimento, sempre no contexto profissional.

Os estudantes podem fazer um estágio, com duração mínima de 2 meses e máxima de 12 meses, em empresas, centros de formação, centros de investigação ou outras organizações.

Podem candidatar-se ao Programa de Estágios Internacionais os estudantes de licenciatura (1º ciclo), sendo igualmente possível um recém-graduado aceder ao estágio internacional, desde que o conclua até um ano após o fim da respetiva graduação. 

O Estágio Erasmus+ pode ser curricular ou extracurricular, desde que, no primeiro caso, exista a aprovação do Supervisor para realizar o Estágio em ambiente Internacional. Porém, estão excluídos os estágios pedagógicos.

Como vantagens da realização de um Programa de Estágios Internacionais, destacam-se as seguintes: 

  • Experiência no mercado de trabalho internacional;

  • Valorização profissional e pessoal;

  • Possibilidade de contacto com processos de organização e de gestão inovadores, favorecendo a aquisição de competências transversais, bem como o aperfeiçoamento do domínio de uma língua estrangeira;

  • Enriquecimento pessoal, desenvolvimento das capacidades de iniciativa, adaptabilidade, flexibilidade, comunicação, decisão, entre outras;

  • O reconhecimento académico do período de estágio no estrangeiro.​​

 

O que tenho de saber

A oportunidade de estágio deverá ser autoproposta pelo candidato.

Procura o teu estágio em:
www.praxisnetwork.eu
www.erasmusintern.org
www.spain-internship.com/en/

Se tiveres uma outra proposta de estágio internacional, contacta o Gabinete de Relações Internacionais para verificar se podes enquadrá-la no programa Erasmus+ e usufruir dos respetivos benefícios.

Assim que for aceite, o candidato deverá solicitar à instituição de acolhimento a emissão de uma Carta de Aceitação que comprove o período de estágio, a qual deverá apresentar no GRI para abertura do processo de candidatura. As candidaturas para estágio Erasmus+ estão permanentemente abertas

No momento em que se candidata ao Programa Erasmus+, o estudante candidata-se simultaneamente a uma bolsa de mobilidade.

Em 2016/2017, foram fixados os seguintes valores:

  1. Grupo 1- Países do Programa com custo de vida elevado
  2. Áustria, Dinamarca, Finlândia, França, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Noruega, Suécia, Reino Unido.

    Valor da Bolsa Mensal para ESTÁGIOS 400€

  3. Grupo 2 - Países do Programa com custo de vida médio
  4. Bélgica, Croácia, República Checa, Chipre, Alemanha, Grécia, Islândia, Luxemburgo, Holanda, Eslovénia, Espanha, Turquia.

    Valor da Bolsa Mensal para ESTÁGIOS 350€

  5. Grupo 3 - Países do Programa com custo de vida mais barato
  6. Bulgária, Estónia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia, Roménia, Eslováquia, Antiga República Jugoslava da Macedónia.

    Valor da Bolsa Mensal para ESTÁGIOS 300€


O montante da bolsa de mobilidade varia consoante o país de destino e pretende fa­zer face à diferença de custo de vida entre o país de origem e o de acolhimento, não cobrindo, por isso, a totalidade das despe­sas do estudante / recém graduado.

Os estudantes com dificuldades socioeconómicas beneficiam ainda de uma bol­sa complementar de 100,00€ ou 150,00€/mês*, consoante o escalão. Esta bolsa é calculada e atribuída pela Direção Geral de Ensino Superior.

*Nota: Em vigor para o ano letivo 2016/2017

A MAIÊUTICA, entidade instituidora do IPMAIA, apoia a mobilidade dos seus estudantes com a redução no valor das propinas no período de mobilidade, conforme se segue:

Mobilidade Erasmus+

1 semestre para estudantes inscritos no 1.º ciclo de estudos (licenciatura) 30%

1 ano letivo para estudantes inscritos no 1.º ciclo de estudos (licenciatura) 15%

1 semestre para estudantes inscritos no 2.º ciclo de estudos (mestrado) 10%

1 ano letivo para estudantes inscritos no 2.º ciclo de estudos (mestrado) 5%

Nota: Os descontos indicados vigoram no ano letivo 2015/2016, podendo sofrer alterações posteriormente.

Intercâmbio

1 semestre para estudantes inscritos no 1.º ciclo de estudos (licenciatura) 10%

1 ano letivo para estudantes inscritos no 1.º ciclo de estudos (licenciatura) 10%

1 semestre para estudantes inscritos no 2.º ciclo de estudos (mestrado) 5%

1 ano letivo para estudantes inscritos no 2.º ciclo de estudos (mestrado) 5%

Nota: Os descontos indicados vigoram no ano letivo 2016/2017, podendo sofrer alterações posteriormente.

Antes da partida é elaborado um plano de estágio. O plano de estágio designa-se de Learning Agreement for Traineeships e identifica os dados das partes envolvidas (estagiário, Instituição de Origem e Instituição de Acolhimento), as características do estágio quanto à duração, programa, competências a adquirir, plano de monitorização e de avaliação, estabelecendo claramente as responsabilidades da Instituição de Origem e da Instituição de Acolhimento.

Todos os participantes na mobilidade ERASMUS+ beneficiarão de um apoio linguístico on-line, desde que a mobilidade seja superior a dois meses. Esta ferramenta, a desenvolver ao longo da implementação do Programa, permitirá avaliar o nível de conhecimento da língua estrangeira antes e depois da mobilidade, proporcionando ao estudante a frequência de um curso on-line, conforme definido no Learning Agreement for Traineeships.

O alojamento dos estagiários em mobilidade deverá ser assegurado pelos próprios, no entanto o GRI está sempre disponível para ajudar. Sempre que possível, faculta contactos de portugueses que tenham vivido anteriormente a experiência na mesma cidade. O contacto com a Ins­tituição de Acolhimento ou a realização de uma pesquisa no sítio da mesma ou da Embaixada/Consulado pode, igualmente, resultar na disponi­bilização de contactos para alojamento.

Recomenda-se que o estudante trate da questão do alojamento antes da partida em mobilidade.

A organização da viagem é da responsabilidade do estagiário ainda que o GRI esteja sempre dis­ponível para o ajudar.

Antes da partida, o estagiário tem de subscrever uma apólice de seguro de acidentes pessoais, vá­lida no estrangeiro e durante o período da mobi­lidade.

Anualmente, o IPMAIA propõe a todos os partici­pantes a subscrição de uma apólice de grupo. No entanto, o estagiário poderá contratualizar essa apólice individualmente.

O estagiário não pode, em caso algum, partir em mobilidade sem seguro de mobilidade válido

Antes da partida, o estagiário deverá reunir alguns do­cumentos imprescindíveis à sua estadia no país de acolhimento:

  • Bilhete de Identidade ou Cartão de Cidadão;
  • Número de Identificação Fiscal ou Cartão de Cidadão;
  • Passaporte (obrigatório para países não inte­grados na União Europeia);
  • Cartão Europeu de Seguro de Doença*;
  • Fotografias tipo-passe;
  • Learning Agreement for Traineeships.

*Sem validade na Turquia, pelo que é imprescindível a subs­crição de um seguro de saúde com cobertura no país de aco­lhimento.

No final do período de mobilidade, A Instituição de Acolhimento deverá emitir uma declaração que confirme a data de início e fim do estágio e que avalie qualitativamente o desempenho do estagiário, a qual deverá ser entregue no GRI à chegada.

Caso se trate de um estágio extracurricular, pode o estudante / recém graduado
solicitar a inclusão desta formação no Suplemento ao Diploma