Avaliação Interna

​​

Avaliação das Perceções Ensino / Aprendizagem

Num contexto dinâmico de profundas mudanças sociais a nível nacional e de uma maior definição dos critérios de qualidade e responsabilidade acordados internacionalmente, sobretudo na Europa, a avaliação da qualidade das instituições de ensino superior, concretamente no que concerne ao processo de ensino/aprendizagem, apresenta um cariz de importância muito particular.
Neste contexto, a garantia da qualidade deverá ser assegurada pela existência de instrumentos operacionais de diagnóstico, acompanhados de medidas de melhoria, e respetiva implementação e acompanhamento, assumindo desta forma, o duplo propósito de “prestação de contas e de melhoria contínua”. Assim, os gabinetes GEPAQ/GE têm vindo a desenvolver no IPMAIA, desde 2015, um processo de auscultação das perceções ensino/aprendizagem a estudantes e docentes, possibilitando então uma reflexão crítica permanente nos planos pedagógico, estrutural e funcional.


​​

 

Avaliação da Qualidade dos Recursos e Serviços da Instituição

A par do contexto ensino/aprendizagem, a qualidade dos serviços e dos equipamentos disponibilizados numa instituição de ensino superior é entendida como condição para o sucesso académico dos estudantes, em particular, e como instrumento de apoio ao trabalho desenvolvido pela comunidade académica, como um todo.
Assim, a elaboração e análise periódica de questionários sobre os recursos institucionais revela-se um instrumento prático, que tem por objetivo fazer o diagnóstico do funcionamento dos serviços, favorecendo o estabelecimento ou a continuidade dos procedimentos de melhoria contínua.
Neste sentido, os gabinetes GEPAQ/GE procedem anualmente, e no final de cada ano letivo, à compilação de dados objetivos que permitem ajustar o funcionamento dos respetivos serviços e recursos aos interesses e necessidades dos seus utilizadores e à inerente sustentabilidade institucional.

 

Estudos sobre a Empregabilidade dos Diplomados do IPMAIA

De entre os desafios que hoje se colocam às instituições de ensino superior, o do conhecimento dos percursos profissionais e do emprego dos diplomados ocupa um lugar de grande relevo, sobretudo pelas suas fortes implicações de ordem académica, social, económica e cultural. Além disso, a importância da disponibilização dos indicadores de empregabilidade e de indicadores relativos ao grau de satisfação com a formação académica obtida é especialmente relevante enquanto instrumento para a definição de políticas de melhoria da qualidade e oferta educativa da Instituição.

Neste sentido, os gabinetes GEPAQ/GE implementarão uma estrutura de observação regular da situação de emprego e do percurso profissional dos futuros graduados do IPMAIA.