Reingresso e Mudança de Par Instituição/Curso

Reingresso

Ato pelo qual um estudante, após uma interrupção dos estudos num determinado curso no Instituto Politécnico da Maia (IPMAIA), se matricula novamente no IPMAIA e se inscreve no mesmo curso ou em curso que lhe tenha sucedido;

Podem requerer a mudança para um par instituição/curso os estudantes que:

  1. Tenham estado matriculados e inscritos noutro par instituição/curso e não o tenham concluído;
  2. Tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas para esse par, para esse ano, no âmbito do regime geral de acesso – os quais podem ter sido realizados em qualquer ano letivo;
  3. Tenham, nesses exames, a classificação mínima exigida pela instituição de ensino superior, nesse ano, no âmbito do regime geral de acesso.

Este regime de mudança de par instituição/curso aplica-se igualmente aos estudantes que tenham estado matriculados e inscritos em instituição de ensino superior estrangeira em curso definido como superior pela legislação do país em causa, e não o tenham concluído.

A mudança de par instituição/curso técnico superior profissional, ou curso estrangeiro de nível correspondente não é permitida para ciclos de estudos de licenciatura ou ciclos de estudos integrados de mestrado.

A mudança para par instituição/curso para os quais sejam exigidos, nos termos do regime geral de acesso, pré-requisitos ou aptidões vocacionais específicas avaliadas através de concursos locais, está condicionada à satisfação dos mesmos.

 

Pré-Candidaturas e Candidaturas -  2022/2023
 Pré-Candidaturas:  até 15 de julho de 2022 (desconto de 20% na candidatura)
 1ª Fase Candidaturas: 19  de julho a 19 de agosto de 2022
 2ª Fase Candidaturas: 19 de setembro a 30 de setembro de 2022
 3ª Fase Candidaturas:  03 de outubro  a 07 de outubro de 2022

Candidatura - Documentos a entregar

 
Boletim de Candidatura
Serviços administrativos do IPMAIA
 
Certificado de Matrícula / Frequência do ensino superior
Original ou cópia autenticada (informação do nº de inscrições no estabelecimento / curso)
 
Cartão de cidadão
ou Bilhete de Identidade e Cartão de Cidadão
Respetiva fotocópia
 
Comprovativo de realização de prova de ingresso 
(com classificação mínima de 95 pontos)
 
Certificado de Habilitação completa anterior
(secundário ou outra)
Original ou cópia autenticada
 
Declaração Médica
Se aplicável
GRUPO E - Aptidão Funcional e Física
Candidaturas - Reingresso e Mudança de Par Instituição/Curso

Podem requer a Mudança de Par Instituição /Curso

  1. Os estudantes que tenham estado matriculados e inscritos noutro par instituição/curso e não o tenham concluído;
  2. Os estudantes que tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso fixadas para o par  instituição/curso, para esse ano;
  3. Tenham, nesses exames, a classificação mínima exigida, nesse ano;

Este regime de mudança de curso ou transferência de par instituição/curso aplica-se igualmente aos estudantes que tenham estado matriculados e inscritos em instituição de ensino superior estrangeira em curso definido como superior pela legislação do país em causa, e não o tenham concluído.

Podem requerer o Reingresso:

Os estudantes que tenham estado matriculados e inscritos no Instituto Politécnico da Maia no mesmo curso/plano de estudos ou em curso/plano de estudos que o tenha antecedido.

  • Boletim de candidatura;

  • Fotografia tipo passe;

  • Certificado da habilitação completa anterior (ensino secundário ou outra);

  • Certificado de matrícula/frequência do ensino superior com informação do n.º de inscrições no estabelecimento/curso de origem;

  • Ficha Pré-Requisitos (se aplicável);

  • Cartão de cidadão ou Bilhete de Identidade e Cartão de Contribuinte e respetivas fotocópias.

Pode ser creditada a formação realizada no âmbito de outros ciclos de estudos superiores conferentes de grau em estabelecimentos de ensino superior nacionais ou estrangeiros, quer a obtida no quadro da organização decorrente do Processo de Bolonha, quer a obtida anteriormente.

O IPMAIA procura ajudar a financiar os estudos (propinas), pelo que promove um conjunto de apoios financeiros, tais como protocolos, bolsas e financiamento.